As diversas opções dificultavam a escolha. Mas por que não fazer uma cerveja com produtos da nossa terra? Foi com esse pensamento que alguns confrades se reuniram e montaram a receita. Assim nasceu a “mineirinha”: uma cerveja totalmente mineira, preparada para o encontro de final de ano da ACervA.

A bebida, produzida na manhã de domingo (03) na Cervejaria FTD Beer, em Contagem, com a supervisão do cervejeiro e confrade, Adair Rosa, foi feita com cevada de duas fileiras, produzida pela BR Malte, localizada na zona rural de Paracatu – região noroeste, com lúpulo da variedade Mantiqueira, produzido na cidade de Rio Espera, região central do Estado, e com uma levedura isolada de cachaça – apresentando características sensoriais interessantes para a produção de cervejas – fornecida pelo Laboratório da Cerveja, startup de biotecnologia localizada em Belo Horizonte. Ah, e para dar um gostinho ainda maior, também foi utilizada rapadura, feita em Diamantina.

Curioso? A “mineirinha” lhe espera no próximo encontro, que acontece no próximo dia 30 de novembro (sábado), no Biergarten da cervejaria Krug. Agora é aguardar e experimentar!