A Companhia Brasileira de Bebidas Premium – CBBP – apresenta para convidados nesta quarta (16) e quinta (17) uma nova cerveja Pilsen Premium. “Uma bela cerveja dourada e com o sabor genuíno e original da melhor receita tcheca adaptada ao paladar brasileiro”, define Francisco Valverde, mestre cervejeiro responsável pelas criações da CBBP. A companhia foi até a República Tcheca e trouxe para o Brasil todos os pré requisitos necessários para este feito.

Para dar o aval final no primeiro produto, a Companhia convidou a sommerlier e mestre cervejeira Cilene Saorin. Com formação internacional e mais de 16 anos de experiência profissional, teve atuação na área de produção de cervejas, desenvolvimento de fornecedores para cervejarias, pesquisa e desenvolvimento de produtos e como especialista em degustação de cervejas para algumas das maiores companhias cervejeiras do mundo. “A cerveja se apresenta bastante delicada, com marcações principalmente de grãos e leveduras. Atraente pela cor amarelo-ouro e espuma generosa (muito boa estabilidade), frisante e refrescante em notas cítricas e também lembrando pão. Apresenta baixo, porém perceptível, residual de doçura e amargor bastante fugaz. Baixa persistência em boca, levíssima, própria para consumo em bons volumes”, define ela a nova aposta da CBBP.

A fabricação
A CBBP utilizou matérias primas importadas e a água de excelente qualidade encontrada em Pindoretama, cidade cearense que abriga a primeira fábrica da companhia. O município fica próximo à Aquiraz, que em tupi significa “água mais adiante”. Como anuncia o título, em Pindoretama a Companhia encontrou a água ideal para a produção. “Encontramos lá a água ideal para chegar a um resultado primoroso junto com os outros ingredientes, malte, lúpulo e fermento”, Explica Valverde.

A Companhia Brasileira de Bebidas Premium – CBBP – está localizada no município de Pindoretama, no Ceará, no nordeste do Brasil e vai iniciar suas atividades em abril deste ano.

O parque industrial da CBBP está instalado em uma área de 20 hectares e tem capacidade de 1,5 milhões de hectolitros de cerveja por ano. Foram investidos R$ 60 milhões na construção de uma fábrica com equipamentos industriais de última geração produzidos pelos mais conceituados fornecedores do Brasil e do Mundo.

Fonte: http://saboresdacidade.blogspot.com/2011/03/nova-cerveja-premium-pilsen.html

Foto: Leonardo Motta/Divulgação.